Coração de Aço de Brandon Sanderson

sexta-feira, junho 30, 2017


SINOPSE: Tudo começou com Calamidade, que surgiu nos céus como uma estrela de fogo, e que ninguém sabe o que é realmente: seria algo alienígena, ou então um experimento do exército norte-americano? Seus efeitos, entretanto, podem ser sentidos algum tempo após seu surgimento: pessoas comuns passam a ter poderes que desafiam as leis da física e da lógica. Parece que uma nova era está para surgir. E surge: os nomeados Épicos não apenas se tornam poderosos, mas também ganham uma sede insaciável de poder e parecem perder toda sua humanidade no processo, deixando o resto da população à mercê de suas vontades e caprichos. Dentre eles o mais poderoso é Coração de Aço, um ser invulnerável a qualquer tipo de ataque e com capacidade de manipular e transformar objetos inorgânicos em metal, que decide tomar a cidade de Chicago e ali estabelecer seu império.

Dez anos se passam e os Épicos governam com poder absoluto, com todos os direitos e nenhum dever, se apossando de tudo o que querem a seu bel-prazer, e matando aqueles que ousam desafiá-los. Não existe nada e ninguém que possa impedi-los. A exceção a essa regra são os Executores, humanos normais, munidos de tecnologia de ponta que se utilizam de táticas de guerrilha para derrubar e matar o maior número possível de Épicos. O sonho de David, um jovem criado em um orfanato/fábrica de Nova Chicago é juntar-se aos Executores e destruir Coração de Aço, o homem que matou seu pai e mudou sua vida para sempre.

RESENHA: Esta não é uma distopia fácil de resenhar. Pois primeiro, a obra nos oferece uma transição entre eras. E em segundo lugar, por este desenrolar acontecer em meio a tantas confusões. Mas, vou me atrever a falar um pouquinho sobre esta obra incrível e que me prendeu bastante, do início ao fim.

Como vocês viram na sinopse, Calamidade separa um novo tempo nos Estados Unidos. E os acontecimentos passam a ser conhecidos por: AC (antes de calamidade) e DC (depois de calamidade). E foi neste período que o mundo de David mudou.

David é um rapaz que deu a vida estudando sobre os épicos. Dedicou-se por inteiro a descobrir suas habilidades e fraquezas, para usá-las no momento correto. 

Fez tudo isso, unindo um incrível número de informações para quando tivesse a oportunidade de encontrar os Executores, poder apresentar algo e assim unir-se a eles. 

Ele tinha o intuito de assim, ajudar a derrubar o maior épico - e responsável pela morte de seu pai -, Coração de Aço.


Depois de presenciar uma ação dos seus maiores ídolos, David não se controlou e decidiu entrar no caminho. E para desespero dos executores, tudo desanda. 

Depois deste ocorrido, nos é apresentado de fato o personagem "David". E enfim, conseguimos acompanhar o que Brandon quis fazer com ele.

O autor tem uma forma de escrever muito interessante. E eu adorei estar com David e suas tiradas, - sem sucesso - no meio das ruas de Nova Chicago (antiga Chicago). 

Nesse meio tempo, Brandon Sanderson levanta várias questões muito relevantes na distopia, como por exemplo:
- a nova forma de governo;
- um novo ditador e como ele leva o seu governo;
- Também faz uma pequena comparação entre o comportamento da população de hoje junto ao Coração de Aço, e como a população antes de ocorrer esta nova era, lidava com os seus ditadores. (Como por exemplo, Hitler, Lênin e outros)

Ele nos aponta também, a reação que as pessoas tem a vilania. Exemplificando ao dizer que elas se rendem a submissão para serem elevadas ou obterem certos caprichos nas condições de servos.


Outro ponto que me deixou bem feliz com esta obra, são os personagens. David é um que conseguimos acompanhar bem de perto. Apesar de não sabermos por inteiro como era a vida dele no orfanato logo de início. Porém, o autor nos brinda com seu passado no decorrer da história.

Cody, Thia e Abraham são outros que merecem um lugar especial em nossos corações, principalmente Abraham, pois ao descobrirmos seu passado e seus ideais, nós começamos a sentir uma pontinha de esperança na humanidade. 

Porém, temos dois outros personagens que nos fazem querer fechar o livro a cada instante e talvez tenha sido isso que tenha me feito tirar uma estrelinha. Mas, isso é uma questão pessoal. 

Por fim, depois de muito tentar compreendê-los, consegui entender a responsabilidade de cada um e também o porquê eram tão difíceis. 

Agora, falando um pouquinho da edição, mais uma vez a Aleph foi espetacular. Não tenho o que reclamar do trabalho da editora. A cada livro me apaixono mais, e falo isso como leitora assídua que sou.

Coração de Aço está com uma edição lindíssima e muito bem cuidada. Estou que não me aguento esperando pelas outras.

Enfim, é um livro que vale muito a pena a leitura. Ele tem várias sacadas e cada fim de capítulo, ele nos revela algo importante. O que nos prende bastante a cada página. 

Recomendo muito a leitura de Coração de Aço de Brandon Sanderson e garanto que vocês não irão se arrepender. Este é só o primeiro da série. E eu mal posso esperar para ter os próximos! 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Título original: Coração de Aço (Série Executores - Livro I)
Autor: Brandon Sanderson
Editora: Aleph
Número de páginas: 376
Ano: 2016
Gênero: Distopia 
Onde encontrar? SARAIVA | AMAZON
Nota: 
Livro cedido pelo Editora ALEPH.
OBS: Nenhum dos links acima geram valor monetário ao blog. Exceto quando sinalizado.


CONHEÇAS AS NOSSAS REDES SOCIAIS

You Might Also Like

0 comentários

Subscribe